Abril id

SACAssineLoja
Revistas & Sites Apps Ofertas Últimas Notícias

São Paulo tri-campeão
São Paulo vence Liverpool e chega ao
tri-campeonato mundial


Tricolor está entre as equipes com três títulos mundiais, como Milan e Real Madrid


Guilherme Guimarães


"A única estatística que vale no futebol é o placar final". Esta declaração do técnico Paulo Autuori retrata bem como foi a vitória do São Paulo sobre o Liverpool na final do Mundial de Clubes: sofrida e apertada. Não se esperava nada diferente, uma vez que o time inglês vinha de uma série de onze jogos sem levar um gol sequer.

A partida, disputada no domingo em Yokohama (palco da final da Copa de 2002, em que o Brasil venceu a Alemanha), foi equilibrada no primeiro tempo. O time do Morumbi começou nervoso e sentiu dificuldades com a forte marcação do clube inglês. Após quinze minutos, o São Paulo soube se impor e mostrou boa troca de passes. Aos 26 minutos do primeiro tempo, a torcida tricolor explodiu ao ver Mineiro receber um lindo lançamento do atacante Aloísio, entrar no meio da defesa do Liverpool e tocar na saída do goleiro Reina.

O Liverpool teve boas chances ainda na primeira etapa do jogo. O espanhol Luís Garcia cabeceou duas bolas perigosas, uma no travessão e outra rente à trave esquerda do gol são-paulino. A última tentativa dos ingleses foi com uma sobra na entrada da área, que o meia Gerard chutou para fora.

Durante o segundo tempo, o São Paulo foi completamente dominado pelo rival inglês e contou com boas defesas de Rogério Ceni para sair vencedor da competição. A imprensa inglesa ficou desacreditada com as estatísticas do jogo, que mostravam um massacre do Liverpool, como 17 escanteios do time inglês contra nenhum da equipe paulistana.

Um número, porém, agrada a torcida do São Paulo: o tricolor chega à elite dos clubes com três títulos mundiais (Milan, Real Madrid, Boca Juniors, Peñarol e Nacional – os dois últimos do Uruguai). Além disso, a equipe do Morumbi se torna a única equipe brasileira a ter três títulos no Japão, além de ser o único tri-campeão brasileiro da Taça Libertadores.

Rogério foi escolhido o melhor jogador da partida e do campeonato, pelas ótimas defesas que salvaram o São Paulo na final e pelo gol na semi-final contra o Al Ittihad. O vencedor da bola de prata (segundo melhor do campeonato) foi o inglês Gerard. Com movimentação intensa pelos dois lados do campo, cruzamentos precisos e chutes perigosos, o armador só não marcou seu gol no São Paulo porque o goleiro Ceni teve atuação de gala.

O atual vencedor da Liga dos Campeões entrou favorito para a final contra o São Paulo. Gerard declarou durante os treinos que precederam a partida: “estamos jogando um bom futebol e nos sentimos imbatíveis”. Esta foi a terceira vez que o Liverpool chega à final do mundial de clubes e não leva a taça, ao contrário do time paulista, que foi ao Japão por três vezes e se sagrou campeão nas três oportunidades.

+ Voltar para o especial Mundial de Clubes

Assinaturas


Assine

AbrilSAC

Clube do Assinante

iba clube

Grupo Abril


Sobre Abril

Trabalhe Conosco

Anuncie

Classificados

Outros Sites


Brasil Post

Revistas e Sites

Vitrine de Ofertas