Abril id

SACAssineLoja
Revistas & Sites Apps Ofertas Últimas Notícias
Mulher
14/04/2010 - 14:54 (atualizada em 14/04/2010 15:14)

Pesquisa revela que pílula melhora vida sexual da mulher

Estudo divulgado pela Febrasgo aponta 85% das entrevistadas estão satisfeitas com pílula

Da Redação
Tamanho do textoA+A-
72% das entrevistadas acreditam que pílula não altera libido
72% das entrevistadas acreditam que pílula não altera libido

Pesquisa realizada pela Federação Brasileira de Ginecologia e Obstetrícia (Febrasgo) mostra que uma em cada três brasileiras acredita que o uso da pílula anticoncepcional pode melhorar vida sexual feminina. O estudo, divulgado na terça-feira (13) pela Federação, faz parte do Projeto R.O.S.A. (Resultados e Opiniões sobre Saúde e Anticoncepcional).

Segundo Gérson Lopes, ginecologista e presidente da Comissão Nacional de Sexologia da Febrasgo, pílulas anticoncepcionais proporcionam efeitos psicológicos positivos na mulher, já que – ao saberem que o risco de gravidez é mínimo – sentem-se mais livres para a entrega sexual. “Além disso, a mulher moderna não quer mais somente prevenir uma gravidez. Ela usa a pílula anticoncepcional para melhorar sua pele e cabelo, por exemplo, elevando sua autoestima”, explica.

Especial Paquera
Especial Sexo e Sedução


A pesquisa foi realizada em cinco capitais do País (São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Recife e Porto Alegre), com 500 usuárias de pílula anticoncepcional (pelo menos até 12 meses antecedentes ao projeto), de classes A e B, entre 15 e 45 anos.

O estudo também revela que 85% das mulheres entrevistadas estão satisfeitas com o método, 86% das atuais usuárias não pretender parar de tomar o anticonceptivo, 70% não tem intenção de trocar o método por outro e que 90% das paulistanas nem sequer cogita trocar de marca.

Nilson Roberto de Melo, presidente da Febrasgo e um dos coordenadores do projeto, afirma que a pílula anticoncepcional é o método contraceptivo mais utilizado no Brasil. “Não há pílula, há pílulas. O uso do anticoncepcional deve ser individualizado, de acordo com a rotina, preferência e desejos da mulher”, diz o ginecologista.

Libido homem X mulher

A pesquisa ainda mostra que para 72% das entrevistadas a pílula anticoncepcional não altera o desejo sexual das mulheres e que para 11%, ela até aumenta esse desejo. “Mulheres gostam de fazer sexo quando se sentem bem e a pílula pode melhorar a autoestima feminina”, afirma Gérson Lopes, presidente da Comissão Nacional de Sexologia da Febrasgo.

Ele explica ainda que, diferentemente das mulheres, homens fazem sexo para ficarem bem e que a sexualidade deles é muita mais mecânica. “A sexualidade feminina é muito mais complexa e inteira. Não se trata apenas de uma questão de testosterona, mas sim do prazer da intimidade, olhares, comunicação e não somente da região genital”, revela.

Leia mais notícias de Amor e Sexo
Leia mais sobre pílula anticoncepcional

Ofertas

 

Assinaturas


Assine

AbrilSAC

Clube do Assinante

Grupo Abril


Sobre Abril

Fale Conosco

Trabalhe Conosco

Anuncie

Licensing

Classificados

Outros Sites


iba

Brasil Post

Revistas e Sites

Vitrine de Ofertas