Abril id

SACAssineLoja
Revistas & Sites Apps Ofertas Últimas Notícias
Mulher
14/04/2010 - 14:54 (atualizada em 14/04/2010 15:14)

Pesquisa revela que pílula melhora vida sexual da mulher

Estudo divulgado pela Febrasgo aponta 85% das entrevistadas estão satisfeitas com pílula

Da Redação
Tamanho do textoA+A-
72% das entrevistadas acreditam que pílula não altera libido
72% das entrevistadas acreditam que pílula não altera libido

Pesquisa realizada pela Federação Brasileira de Ginecologia e Obstetrícia (Febrasgo) mostra que uma em cada três brasileiras acredita que o uso da pílula anticoncepcional pode melhorar vida sexual feminina. O estudo, divulgado na terça-feira (13) pela Federação, faz parte do Projeto R.O.S.A. (Resultados e Opiniões sobre Saúde e Anticoncepcional).

Segundo Gérson Lopes, ginecologista e presidente da Comissão Nacional de Sexologia da Febrasgo, pílulas anticoncepcionais proporcionam efeitos psicológicos positivos na mulher, já que – ao saberem que o risco de gravidez é mínimo – sentem-se mais livres para a entrega sexual. “Além disso, a mulher moderna não quer mais somente prevenir uma gravidez. Ela usa a pílula anticoncepcional para melhorar sua pele e cabelo, por exemplo, elevando sua autoestima”, explica.

Especial Paquera
Especial Sexo e Sedução


A pesquisa foi realizada em cinco capitais do País (São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Recife e Porto Alegre), com 500 usuárias de pílula anticoncepcional (pelo menos até 12 meses antecedentes ao projeto), de classes A e B, entre 15 e 45 anos.

O estudo também revela que 85% das mulheres entrevistadas estão satisfeitas com o método, 86% das atuais usuárias não pretender parar de tomar o anticonceptivo, 70% não tem intenção de trocar o método por outro e que 90% das paulistanas nem sequer cogita trocar de marca.

Nilson Roberto de Melo, presidente da Febrasgo e um dos coordenadores do projeto, afirma que a pílula anticoncepcional é o método contraceptivo mais utilizado no Brasil. “Não há pílula, há pílulas. O uso do anticoncepcional deve ser individualizado, de acordo com a rotina, preferência e desejos da mulher”, diz o ginecologista.

Libido homem X mulher

A pesquisa ainda mostra que para 72% das entrevistadas a pílula anticoncepcional não altera o desejo sexual das mulheres e que para 11%, ela até aumenta esse desejo. “Mulheres gostam de fazer sexo quando se sentem bem e a pílula pode melhorar a autoestima feminina”, afirma Gérson Lopes, presidente da Comissão Nacional de Sexologia da Febrasgo.

Ele explica ainda que, diferentemente das mulheres, homens fazem sexo para ficarem bem e que a sexualidade deles é muita mais mecânica. “A sexualidade feminina é muito mais complexa e inteira. Não se trata apenas de uma questão de testosterona, mas sim do prazer da intimidade, olhares, comunicação e não somente da região genital”, revela.

Leia mais notícias de Amor e Sexo
Leia mais sobre pílula anticoncepcional

Ofertas

 

Assinaturas


Assine

AbrilSAC

Clube do Assinante

Grupo Abril


Sobre Abril

Fale Conosco

Trabalhe Conosco

Anuncie

Licensing

Classificados

Outros Sites


Loja Abril

iba

Brasil Post

Revistas e Sites

Vitrine de Ofertas