Abril id

SACAssineLoja
Revistas & Sites Apps Ofertas Últimas Notícias
14/09/2010 - 14:16

Entenda como é o antes e depois da cirurgia no nariz, a rinoplastia

Operação é uma das mais delicadas, diz especialista, mas não costuma deixar cicatrizes

Da Redação
Após a cirurgia, é preciso usar curativos no nariz - Thinkstock
Após a cirurgia, é preciso usar curativos no nariz

A Rinoplastia é, hoje, uma das cirurgias plásticas mais realizadas no Brasil, e pode ser realizada tanto com funções estéticas quanto de saúde. Alterações como proeminência no dorso do nariz, mudanças na ponta nasal, diminuição ou aumento do tamanho, por exemplo, podem ser necessárias para melhora da respiração.

"Atualmente, a Rinoplastia não deixa cicatrizes externas, pois os cortes, em geral, são feitos na parte interna do nariz. A pele é descolada das cartilagens e do osso e estes são tratados. No final, a pele se acomoda à nova estrutura. Os pontos são todos internos e, normalmente, não precisam ser removidos", explica Nelson Letízio, cirurgião plástico especialista em cirurgia de pálpebras e nariz.

Segundo Letízio, "é importante manter o equilíbrio estético entre a face e o nariz, preservando a naturalidade e a autenticidade da face ".

O especialista acredita que a rinoplastia pode melhorar a aparência e a autoconfiança das pessoas. Os pacientes devem estar fisicamente saudáveis, psicologicamente estáveis, e realistas em suas expectativas. É desaconselhável operar antes dos 15 anos.

A cirurgia pode ser executada sob anestesia local ou anestesia geral, dependendo da extensão do procedimento, que leva entre uma e duas horas.

Após a cirurgia, uma tala é aplicada para ajudar o nariz a manter sua nova forma. Tampões nasais internos também são utilizados. Depois de 24 horas da cirurgia, o rosto estará inchado, o nariz poderá doer e podem aparecer também vasos avermelhados na região do nariz. Nos primeiros dias, os médicos recomendam repouso, e que se mantenha a cabeça deitada.

Antes da cirurgia, o esteticista e cosmetólogo Orlando Sanches, especializado em tratamentos pré e pós-operatórios, recomenda que se faça uma limpeza de pele profunda. "Isso reduzirá a possibilidade de uma contaminação bacteriana na pele. Também serve como um preventivo para não agravar o problema de acne, já que no pós-cirúrgico, o paciente deve ficar com os poros obstruídos por curativos, gesso ou tampões, o que estimula o surgimento dos comedões", orienta.

"Após uma semana da cirurgia, pode-se avaliar a resistência e a textura da pele e, se necessário, indicar produtos com fator de proteção solar, substâncias hidratantes e controladores de oleosidade, a fim de hidratar e proteger a pele, que costuma ficar ressecada ou com acúmulo de oleosidade no pós-cirúrgico", orienta Sanches. Também se recomenda usar óculos apenas 15 dias após a operação para não marcar a pele.

    COMPRE E BAIXE O MELHOR DO CONTEÚDO DIGITAL

      PRODUTOS DA EDITORA ABRIL SEM SAIR DE CASA

        Vá além de "apagar incêndios"

        Assista a mais vídeos de "Exame"

        Tartaruga de duas cabeças

        Confira outros vídeos de "Info"