Abril id

SACAssineLoja
Revistas & Sites Apps Ofertas Últimas Notícias
Ciência e Saúde
18/03/2009 - 12:20
Agência Estado

Aparelhos de ginástica atraem idosos para 'malhar' em parques de SP

Agência Estado
Tamanho do textoA+A-

Por AE

São Paulo - Dez equipamentos de ginástica projetados especialmente para a terceira idade, que simulam movimentos de caminhada, cavalgada, barco a remo, esqui e surfe, estão no recém-inaugurado Parque Zilda Natel, em Perdizes, zona oeste de São Paulo. Já no Parque da Água Branca, também na zona oeste, os aparelhos podem parecer brinquedos, mas eles foram especialmente projetados para garantir fortalecimento e flexibilidade muscular do idoso. “Um terço dos brasileiros entre 65 e 74 anos já sofreu alguma queda”, diz o médico nefrologista Egídio Dórea, da Universidade de São Paulo (USP).

Dórea, que elaborou o projeto do Parque Dr. Fernando Costa, que é mais conhecido como Água Branca, se inspirou no Parque del Retiro, em Madri, na Espanha. Parques da China também ajudaram a propagar a ideia por aqui. O coordenador de Áreas Verdes da Secretaria Subprefeituras, André Graziano, viu aparelhos em Pequim como parte da preparação da cidade para a Olimpíada de 2007. “Nossa população está envelhecendo e as áreas verdes levam em conta apenas as crianças, não os idosos.”

Equipamentos também foram instalados no Parque do Povo, no Itaim-Bibi, na Praça Victor Civita, em Pinheiros, e na Praça Esther Mesquita, em Higienópolis. A ideia das academias ao ar livre é bem recente e começou no segundo semestre do ano passado. O Fundo de Solidariedade e Desenvolvimento Social e Cultural do Estado de São Paulo (Fussep) pretende levar a ideia para outros locais do Estado.

Apesar da iniciativa agradar aos idosos, os aparelhos de baixo impacto têm atraído crianças e jovens. Segundo uma aposentada, as crianças usam os equipamentos como brinquedos e podem acabar se machucando. Outra ressalva feita pelos frequentadores é sobre a falta de figuras ilustrativas. Nos parques, duas placas indicam apenas os benefícios de cada movimento e o uso acaba sendo um tanto intuitivo. “Acredito que deveria ter um instrutor”, disse outra aposentada. A Prefeitura pretende adotar essa medida a médio prazo.

AE

 

Ofertas

 

Assinaturas


Assine

AbrilSAC

Clube do Assinante

iba clube

Grupo Abril


Sobre Abril

Trabalhe Conosco

Anuncie

Classificados

Outros Sites


Brasil Post

Revistas e Sites

Vitrine de Ofertas