“A Fusão” estimula o clitóris e aumenta o prazer

Foto: Arte Abril.com

Foto: Arte Abril.com

Um alerta antes de experimentar esta nova posição sexual do Kama Sutra: ela não é fácil de realizar. Mas, com prática e paciência, torna-se uma novidade divertida para variar a vida do casal entre quatro paredes.

Para fazê-la, o homem senta-se inclinando o corpo para trás, apoiando com as mãos nas laterais do corpo. As pernas podem ficar dobradas o esticadas, dependendo do gosto do parceiro. A mulher então passa a sua perna por cima do companheiro, apoiando o braço atrás do corpo para fazer a penetração.

Na posição “A Fusão”, a mulher é quem faz os movimentos de vai e vem. Durante as investidas, o pênis roça no clitóris, aumentando a sensação de prazer para ela.

*Fonte: “101 Posições Sexuais”, de Sofia Capablanca, da Ed. Marco Zero

Tudo sobre sexo no Abril.com
Mais sobre posições sexuais no Abril.com

Mulher tem controle do sexo na posição “Do Submisso”

Foto: Arte Abril.com

Foto: Arte Abril.com

As posições que dão mais liberdade de movimento para a mulher durante o ato sexual costumam ser as preferidas delas. E, com um pouco de prática, é possível deleitar a parceira experimentado a arte “Do Submisso” na cama.

Para brincar com esta ideia, o homem deve deitar-se de costas, enquanto a mulher se coloca de costas para ele. Ela então segura o pênis do parceiro e controla a penetração, sentando-se sobre os pés, que servem como apoio.

Para fazer os movimentos de vai e vem, o homem pode ajudar movendo seus quadris em direção à companheira, que deve balançar no mesmo ritmo.

Um dos pontos fortes da posição “Do Submisso” é que o homem tem uma excelente visão de toda a penetração, assim como das nádegas da parceira.

*Fonte: “101 Posições Sexuais”, de Sofia Capablanca, da Ed. Marco Zero

Tudo sobre sexo no Abril.com
Mais sobre posições sexuais no Abril.com

“União da Águia” é perfeita para momentos de romantismo entre o casal

Foto: Arte Abril.com

Foto: Arte Abril.com

Para quem quer trazer um pouco de romantismo para a vida amorosa do casal, uma ótima ideia é fazer a posição “União da Águia” na cama.

Esta posição permite o contato total do casal, assim como uma sensação única de proteção. Para fazê-la, o casal deve se deitar lado a lado, olhando um para o outro e se abraçando com força. A mulher deve envolver suas pernas ao redor do quadril do parceiro, de forma que ele consiga penetrá-la.

Para fazer o movimento de vai e vem, tanto a parceira quanto o parceiro devem movimentar os quadris. Uma vez que a penetração foi realizada, a mulher pode abaixar a perna, controlando o músculo da vagina para “apertar” o pênis do homem.

A “União da Águia” é ideal para fazer sexo sem pressa, de forma relaxada, de preferência em um ambiente bem romântico.

*Fonte: “101 Posições Sexuais”, de Sofia Capablanca, da Ed. Marco Zero

Tudo sobre sexo no Abril.com
Mais sobre posições sexuais no Abril.com

Estimule os músculos da vagina com a “Árvore Frutífera”

Foto: Arte Abril.com

Foto: Arte Abril.com

A posição “Árvore Frutífera”, também conhecida como “Terceira Posição”, é uma excelente ideia para estimular o orgasmo feminino. Isso acontece pois, ao experimentar essa novidade na cama, a mulher é capaz de contrair os músculos da vagina, proporcionado ainda mais prazer para ela e para o parceiro.

Para fazer esta posição, ela deve deitar-se de frente para o homem, que fica ajoelhado na cama. A mulher então levanta uma das pernas, apoiando-a no peito do parceiro. A outra perna é inteiramente aberta, e deve ser posicionada ao redor da cintura do parceiro. Ele deve então penetrá-la lentamente, para não machucá-la.

Durante o tempo que puder, a mulher deve baixar e levantar a penar livre, fazendo, desta forma, como que os músculos da vagina se contraiam, massageando o pênis do parceiro e intensificando o seu próprio orgasmo.

*Fonte: “101 Posições Sexuais”, de Sofia Capablanca, da Ed. Marco Zero

Tudo sobre sexo no Abril.com
Mais sobre posições sexuais no Abril.com

Lubrificantes facilitam fazer a posição “Bigorna” na cama

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

Conhecida como “A Profunda” ou “Bigorna”, essa posição é especial para quem busca uma penetração profunda durante o sexo. Nela, a mulher deita-se de costas, com as pernas levantadas e abertas, tentando aproximar o joelho do peito.

Ela aguarda o companheiro introduzir o pênis em sua vagina, para então colocar as pernas sobre os ombros dele, que apoiará as mãos na cama para regular o movimento.

O ponto alto desta posição é que ela oferece uma penetração absoluta, além do contato dos testículos com os glúteos femininos. O prazer para a mulher, por sinal, pode ser bem intenso, já que o clitóris é pressionado pela abertura das pernas. Use lubrificante para amenizar qualquer dor que a parceira possa sentir durante a relação.

Lembre-se: o uso de almofadas neste tipo de posição pode ajudar a solucionar o desconforto. A posição “Bigorna” também pode ser experimentada para o sexo anal.

*Fonte: “101 Posições Sexuais”, de Sofia Capablanca, da Ed. Marco Zero

Tudo sobre sexo no Abril.com
Mais sobre posições sexuais no Abril.com

Parceira controla movimentos na posição “Andrômaca”

Foto: Arte Abril.com

Foto: Arte Abril.com

Também conhecida como “Papel Orgástico”, a posição chamada “Andrômaca” é uma excelente ideia para as mulheres que gostam de ter o controle durante a transa.

Nela, o homem se deita de barriga para cima e a mulher se senta por cima dele, ficando responsável pela movimentação. Se o homem relaxa e apóia todo o corpo na cama, a mulher ergue levemente o busto, como se estivesse cavalgando, atingindo uma penetração mais profunda.

A parceira deve ficar sentada sobre os calcanhares ou ajoelhada durante a realização da “Andrômaca”. O movimento mais simples de se fazer é o de cima para baixo, e o homem pode ajudá-la levantando os seus quadris ao seu ritmo.

Como a parceira tem mais liberdade nesta posição, ela pode decidir o que fará com as mãos: tocar no peito dele, ou pegar o pênis, como se o masturbasse. Ela também pode se inclinar para beijar o companheiro.

*Fonte: “101 Posições Sexuais”, de Sofia Capablanca, da Ed. Marco Zero

Tudo sobre sexo no Abril.com
Mais sobre posições sexuais no Abril.com

Posição sexual “O Espelho do Prazer” permite variar a pressão da vagina no pênis

Foto: Arte Abril.com

Foto: Arte Abril.com

Também conhecida como “Pés Erguidos”, a posição “O Espelho do Prazer” é uma forma interessante de variar a transa com o(a) gato(a).

Para fazê-la, a mulher deve se deitar de costas, colocando um travesseiro sob as nádegas e levantando as pernas. O homem então se ajoelha diante dela, segurando as duas pernas da parceira juntas com um braço, e com o outro se apóia no chão ou na cama, de modo que suas costas fiquem inclinadas.

Uma vez conseguida esta posição, ele penetra a companheira e mantém o domínio durante todo o ato, já que ele estabelecerá o ritmo do coito porque a mulher não tem pontos de apoio para fazer suas próprias investidas.

Esta posição permite variar o sentido da penetração e a abertura das pernas: se ficarem juntas, a pressão muscular sobre o pênis aumentará; se ficarem abertas, a profundidade da penetração será maior e a própria mulher poderá completá-la, estimulando o clitóris.

O nome desta posição, “Espelho do Prazer”, reflete o fato de que, ao fazê-la, o casal não pode aproximar seus rostos e nem beijar, mas são capazes de se olhar o tempo todo, observando as respectivas expressões de prazer.

A posição do “Espelho de Prazer” é prazerosa também para o sexo anal,  e uma boa dica é usar mais almofadas sob as nádegas da parceira, para garantir um bom ângulo de penetração.

*Fonte: “101 Posições Sexuais”, de Sofia Capablanca, da Ed. Marco Zero

Tudo sobre sexo no Abril.com
Mais sobre posições sexuais no Abril.com

“União Suspensa” é posição perfeita para locais proibidos

Foto: Arte Abril.com

Foto: Arte Abril.com

Muitos casais têm o fetiche de transar em lugares “proibidos”, como elevadores ou um banheiro de balada. Mas satisfazer esse desejo requer prática em posições que não necessitam, obrigatoriamente, que os parceiros estejam  nus.

A “União Suspensa” é um bom exemplo, e que pode proporcionar um rápido orgasmo. As posições em pé costumam ser divertidas e excitantes, mas também exigem força a energia para realizá-las.

A melhor forma de chegar a esta posição é com o homem apoiado na parede, com as pernas ligeiramente flexionadas. A mulher chega perto dele, abraça-o e senta-se sobre as coxas do companheiro, que a ajuda, sustentando-a pelos quadris. O casal deve se levantar quando o homem já tiver penetrado a vagina da companheira.

Segurando no pescoço dele, é ela quem calvaga o corpo do homem, enquanto o parceiro deve ajudá-la com os braços no movimento de vai e vem. Outro ponto positivo desta posição é que o casal fica se olhando nos olhos, e a transa pode ser acompanhada de beijos e mordidinhas.

*Fonte: “101 Posições Sexuais”, de Sofia Capablanca, da Ed. Marco Zero

Tudo sobre sexo no Abril.com
Mais sobre posições sexuais no Abril.com

Posição do “Balanço” traz mobilidade para o casal

28, junho, 2010 5 comentários
Foto: Arte Abril.com

Foto: Arte Abril.com

Quer testar algo diferente na cama? Então experimente fazer com o(a) parceiro(a) a posição chamada “O Balanço”, também conhecida como “Visitas Recíprocas”.

Nesta posição, o homem se deita de barriga para cima, completamente esticado, ou apoiando-se nos braços para ficar com as costas ligeiramente erguidas. Dando as costas para o seu par, a mulher senta-se em cima dele, posicionando um joelho de cada lado dos quadris do companheiro.

Esta posição faz os músculos da vagina ficarem dilatados, favorecendo uma penetração mais profunda. Um dos pontos altos desta posição é que o homem tem um excelente estímulo visual, por que pode ver como se desenvolve a penetração, além de ter uma visão perfeita das nádegas e da vagina da companheira.

Há ainda a grande liberdade de movimento dos dois, bem como o fato de a mulher sentir ainda mais prazer devido ao ângulo em que o pênis poderá roçar as paredes vagina.

Tudo sobre sexo no Abril.com
Mais sobre posições sexuais no Abril.com

Posições do Kama Sutra lembram as da ioga

25, junho, 2010 6 comentários
Foto: Arte Abril.com

Foto: Arte Abril.com

Praticar ioga ajuda o corpo a ficar mais flexível e, consequentemente, pode melhorar o desempenho na cama. Algumas posições do Kama Sutra inclusive têm clara semelhança com exercícios feitos na ioga.

Uma delas é conhecida como “Armadilha da Cobra”, que também lembra a famosa “posição de lótus”, usada na ioga para meditar. Só que, neste caso, ela é feita a dois – e sem roupa.

Para experimentar a sequência com o(a) parceiro(a), quem deve ficar na posição de lótus é a mulher, enquanto se senta no colo do parceiro, penetrando-o vagarosamente. Caso as pernas dobradas incomodem, é possível esticá-las, como na imagem acima.

O ponto alto desta posição é que a mulher pode experimentar uma sensação diferente na transa: é como se a sua vagina estivesse mais elevada, aumentando a superfície que faz contato com o corpo masculino.

No começo pode haver incômodo, principalmente se a parceira não tiver muita flexibilidade. Mas, com o tempo e a prática, a posição vai se tornando mais fácil.

Porém, um inconveniente deve ser ressaltado: a penetração não será tão profunda. Mas isso é compensado pelas sensações novas que a própria posição produz para a mulher e para o homem, já que os músculos da vagina ficam mais tensos.

*Fonte: “101 Posições Sexuais”, de Sofia Capablanca, da Ed. Marco Zero

Tudo sobre sexo no Abril.com
Mais sobre posições sexuais no Abril.com