Arquivo

Textos com Etiquetas ‘estados unidos’

Clinton assiste derrota dos EUA ao lado de Mick Jagger

Clinton e Jagger assistem ao jogo - Foto: AP

Clinton e Jagger assistem ao jogo - Foto: AP

O ex-presidente dos Estados Unidos, Bill Clinton, assistiu a derrota da seleção norte-americana para Gana por 2 a 1, ao lado do cantor Mick Jagger.

O cantor britânico e o político norte-americano acompanharam a partida das tribunas do estádio Royal Bafokeng, em Rustemburgo.

Leia mais notícias de Esportes no Abril.com
Veja a página da Copa do Mundo de 2010

DIVIRTA-SE: O JOGO DA COPA DO MUNDO DO ABRIL.COM

Donovan culpa erros dos EUA por eliminação da Copa

Donovan lamenta eliminação dos EUA - Foto: AP

Donovan lamenta eliminação dos EUA - Foto: AP

Os Estados Unidos encontraram a justificativa pela derrota por 2 a 1 para Gana neste sábado, que culminou na eliminação da Copa do Mundo da África do Sul. Depois do confronto em Rustemburgo, o meia Landon Donovan culpou os “erros infantis” pelo revés nas oitavas de final da competição mais importante do calendário futebolístico.

“A gente estava parecendo um time ingênuo dentro de campo, e não podíamos ter errado assim em um jogo como esse. Quando se cometem erros em partidas deste nível, a equipe paga. Não foi a nossa noite, apesar de termos dado o melhor que podíamos dar nos 120 minutos”, afirmou Donovan.

Leia mais notícias de Esportes no Abril.com
Veja a página da Copa do Mundo de 2010

DIVIRTA-SE: O JOGO DA COPA DO MUNDO DO ABRIL.COM

Heroi da classificação norte-americana na fase de grupos, ao marcar o gol da vitória por 1 a 0 sobre a Argélia nos acréscimos do segundo tempo, Donovan por pouco não se tornou um mito ainda maior neste sábado. Depois de os Estados Unidos saírem atrás no marcador, o camisa 10 assinalou de pênalti o gol de empate para a equipe do técnico Bob Bradley.

Muito marcado, Donovan movimentou-se para escapar da marcação e acabou sendo o segundo jogador norte-americano no ranking de metros percorridos, com 15.184. O acúmulo de esforço do camisa 10 nos 90 minutos pesou e o meia caiu de rendimento na prorrogação devido ao cansaço.

LEIA MAIS

Gana bate EUA por 2 a 1 e iguala melhor campanha africana da história das Copas

Eliminados da Copa do Mundo da África do Sul, os Estados Unidos perderam a oportunidade de repetirem, no mínimo, a campanha de 2002. Na Coreia do Sul e Japão, os ianques alcançaram às quartas de final da competição e foram eliminados apenas pela vice-campeã Alemanha – os germânicos ganharam por 1 a 0, gol do meia Michael Ballack.

Mas, a melhor participação norte-americana ocorreu na primeira Copa do Mundo e completará 80 anos no próximo dia 26 de julho. Em 1930, no Uruguai, os ianques deixaram o torneio apenas na semifinal, depois de sofrerem uma impiedosa goleada por 6 a 1 para a Argentina, que, coincidentemente, terminou como vice-campeã. (Fonte: Gazeta Press)

EUA peca nas finalizações na partida contra Gana

Os Estados Unidos estão eliminados da Copa do Mundo da África do Sul, em 2010. Neste sábado, os norte-americanos perderam para Gana por 2 a 1, na prorrogação (no tempo normal, 1 a 1) mesmo mantendo mais posse de bola e arriscando mais contra o gol de Kingson.

Durante o jogo, foram 20 finalizações para os EUA, contra 16 dos africanos. Porém, os Yankees acertaram a meta defendida por Kingson apenas seis vezes, mesmo número dos adversários, que tiveram maior precisão quando tiveram oportunidade frente a Howard.

Leia mais notícias de Esportes no Abril.com
Veja a página da Copa do Mundo de 2010

DIVIRTA-SE: O JOGO DA COPA DO MUNDO DO ABRIL.COM

Na posse de bola, foram 51% para os americanos, contra 49% para os vencedores da partida. Maior movimentação também para a equipe derrotada, com 148,2km percorridos na partida, contra apenas 140,3km dos ganeses.

Filho do técnico, Michael Bradley foi o jogador que mais correu, com 16,1km, seguido por London Donovan, 15,1km, Clint Dempsey, 14,5km, e Jonathan Bornstein, 14,2km. Só depois aparece um ganes, o volante Anthony Annan, que se movimentou 14,2km durante os 120 minutos que esteve em campo.

Na qualidade dos passes, Gana foi superior, pois acertou 63% dos toques, ou 451 dos 711 que tentou. Já os EUA tiveram um aproveitamento de 60% (381 certos dê 632 tentativas). O melhor neste fundamento foi Pantil, com 67 toques certos, seguido com Annan, com 55, e Michael Bradley, com 47.

O volante brasileiro naturalizado norte-americano Benny Feilhaber entrou no jogo no começo do segundo tempo (atuou 74 minutos), deu 37 passes, 18 deles certos, chutou três vezes no gol, uma delas que acertou o alvo e percorreu 9,1km. (Fonte: Gazeta Press)

Estados Unidos e Gana lutam para ser a surpresa nas quartas

Estados Unidos se garantiram nas oitavas contra Argélia (Reuters)

Estados Unidos se garantiram nas oitavas contra Argélia (Reuters)

O duelo entre dois azarões nas oitavas de final da Copa do Mundo da África do Sul. Assim está sendo tratado o encontro entre Estados Unidos e Gana, que se enfrentam neste sábado, às 15h30 (horário de Brasília), no Estádio Royal Bafokeng, em Rustemburgo. O ganhador, com toda a certeza, será visto como a grande zebra nas quartas de final.

Os Estados Unidos surpreenderam ao terminar a primeira fase na primeira colocação do Grupo C, deixando a Inglaterra em segundo lugar. Os norte-americanos se garantiram com um triunfo histórico contra a Argélia, por 1 a 0, com um gol marcado nos acréscimos do segundo tempo.

Gana confia nos pênaltis (Reuters)

Gana confia nos pênaltis (Reuters)

Dramaticidade também não faltou na classificação de Gana, que veio com uma derrota mínima para a Alemanha. Os ganeses deixaram Sérvia fora das oitavas e tornaram-se os únicos representantes do continente anfitrião nas oitavas.

Leia mais notícias de Esportes no Abril.com
Veja a página da Copa do Mundo de 2010

DIVIRTA-SE: O JOGO DA COPA DO MUNDO DO ABRIL.COM

“Agora que a África do Sul foi eliminada, não tenho dúvidas de que seus torcedores irão torcer pela nossa equipe, pois Gana representa o continente e devemos nos unir. Com a torcida de todo um país, com toda a certeza vamos garantir a classificação contra os Estados Unidos”, afirmou Milovan Rajevac, técnico de Gana, que vai repetir a escalação que vinha usando na primeira fase.

Pelo lado dos Estados Unidos, o técnico Bob Bradley entende que a sua equipe deverá atuar com a mesma disposição mostrada em seus primeiros jogos no torneio. Ele pediu cuidado com a qualidade técnica do rival.

“Gana tem um time forte fisicamente e com jogadores que, além de velozes, são muito habilidosos. Vamos ter que estar ligados na marcação ao longo dos noventa minutos, pois enfrentaremos um adversário que, assim como nós, não desiste do jogo. Mas ainda confio no futebol que estamos exibindo para nos classificarmos”, disse o comandante.

O treinador dos Estados Unidos tem uma dúvida de ordem técnica para definir a equipe. Robbie Findley volta a ficar à disposição depois de cumprir suspensão na vitória sobre os argelinos. Mas como Herculez Gomez fez um bom jogo diante dos africanos, os dois disputarão posição.

FICHA TÉCNICA
ESTADOS UNIDOS X GANA
Local: Estádio Royal Bafokeng, em Rustemburgo (África do Sul)
Data: 26 de junho de 2010 (Sábado)
Horário: 15h30 (de Brasília)
Árbitro: Victor Kassai (Hungria)

ESTADOS UNIDOS
Tim Howard, Steve Cherundolo, Jay DeMerit, Carlos Bocanegra e Jonathan Bornstein; Landon Donovan, Michael Bradley, Clint Dempsey e Maurice Edu; Herculez Gomez (Robbie Findley) e Josy Altidore
Técnico: Bob Bradley

GANA
Richard Kingson, John Pantsil, John Mensah, Jonathan Mensah e Hans Sarpei; Anthony Annan, Kevin Prince Boateng, Kwadwo Asamoah e Prince Tagoe; Andre Ayew e Asamoah Gyan
Técnico: Milovan Rajevac

Gana aposta nos pênaltis e demonstra otimismo para as oitavas

25, junho, 2010 2 comentários
Gana classificou às oitavas com duas penalidades (AP)

Gana classificou às oitavas com duas penalidades (AP)

Derrotados na última rodada da fase de grupos, os ganeses ficaram com a segunda colocação o Grupo D e agora enfrentam os Estados Unidos nas oitavas de final. Otimista, o atacante Asamoah Gyan elogiou o rival, mas demonstrou confiança para o duelo deste sábado.

“O time deles tem um condicionamento físico muito bom. Mesmo assim, sabemos da qualidade de nossos jogadores e estamos muito confiantes”, declarou o artilheiro, que marcou os dois gols de Gana neste Mundial, ambos de pênalti.

Leia mais notícias de Esportes no Abril.com
Veja a página da Copa do Mundo de 2010

DIVIRTA-SE: O JOGO DA COPA DO MUNDO DO ABRIL.COM

A qualidade de Gyan quando o assunto é pênalti é mais um ponto forte da única seleção africana classificada aos mata-matas. Para o técnico Milovan Rajevac, sua seleção pode levar vantagem em caso de empate no tempo normal.

“Gyan é um grande batedor de pênaltis e mostrou isso contra Sérvia e Austrália. Nossos jovens também tem experiência, pois conquistaram o Mundial Sub-20 nos pênaltis. É uma força que temos, mas esperamos marcar um gol no tempo normal”, disse o comandante, que também destacou a força física dos americanos.

“Eles têm muita velocidade e um preparo físico que impressiona. Nos últimos 30 minutos, imprimem um ritmo muito acelerado que leva muitas dificuldades aos adversários”, alertou.

O decisivo duelo será neste sábado, às 15h30 (horário de Brasília). Em caso de classificação, os ganeses alcançarão seu melhor resultado em Copas. Em 2006, quando disputaram a competição pela primeira vez, os “Black Stars” (Estrelas Negras, como são conhecidos os jogadores de Gana) também chegaram às oitavas, mas foram eliminados pelo Brasil. (Fonte: Gazeta Press)

Barack Obama liga para parabenizar jogadores dos EUA

25, junho, 2010 1 comentário
Donovan comemora gol da classificação - Foto: Getty Images

Donovan comemora gol da classificação - Foto: Getty Images

Não há como fugir: o “soccer” já faz parte do cotidiano dos norte-americanos. A Copa do Mundo chama a atenção até mesmo do presidente Barack Obama. Satisfeito com o desempenho de seu país, o grande nome da política dos Estados Unidos fez questão de mandar os parabéns à delegação que se encontra na África do Sul.

Através de uma ligação telefônica, Barack Obama demonstrou sua satisfação pela classificação dos Estados Unidos às oitavas de final da Copa do Mundo. Agora, a equipe da América do Norte terá um africano pela frente: Gana. O jogo está marcado para sábado, às 15h30, em Rustemburgo.

Leia mais notícias de Esportes no Abril.com
Veja a página da Copa do Mundo de 2010

DIVIRTA-SE: O JOGO DA COPA DO MUNDO DO ABRIL.COM

No contato com a África do Sul, Barack Obama conversou, sobretudo, com o técnico Bob Bradley. Ele mandou os parabéns pelo empenho do time para buscar a dramática classificação nos minutos finais do jogo contra a Argélia. Donovan, autor do gol heroico, recebeu uma citação especial do presidente.

Barack Obama também se mostrou interessado com o futuro do time. Ele perguntou a Bob Bradley sobre a situação física de alguns atletas do grupo. (Fonte: Gazeta Press)

Confrontos das oitavas colocam uma “surpresa” na semifinal da Copa

23, junho, 2010 1 comentário
Gana festejou classificação com volta olímpica (Reuters)

Gana festejou classificação com volta olímpica (Reuters)

Texto: Daniel Cristóvão

Com o fim da primeira fase para as equipes dos quatro primeiros grupos, a Copa do Mundo da África do Sul terá uma seleção considerada “surpresa” entre as semifinalistas. Uruguai, Coreia do Sul, Gana e Estados Unidos formam uma chave nas oitavas-de-final, e uma delas estará entre as quatro melhores do Mundial.

Ambiente favorecido com o inesperado segundo lugar da Inglaterra no grupo C – classificou com cinco pontos, com uma vitória (Eslovênia) e dois empates (Estados Unidos e Argélia). Com isso, o time dirigido por Fábio Capello faz o primeiro clássico da Copa contra a Alemanha nas oitavas. A chave de ingleses e alemães tem ainda mais um “favorito”, a Argentina, que enfrentra o México nas oitavas.

Leia mais notícias de Esportes no Abril.com
Veja a página da Copa do Mundo de 2010

DIVIRTA-SE: O JOGO DA COPA DO MUNDO DO ABRIL.COM

O Uruguai, apesar da tradição e de seus dois títulos Mundiais (1930 e 1950), desembarcou na África do Sul sob desconfiança. Classificou-se para a Copa do Mundo com na última chance; venceu a Costa Rica na repescagem do continente americano após ficar em quinto lugar nas eliminatórias sul-americanas. Seu retrospecto recente em Copas do Mundo também é desfavorável. Das últimas 10 Copas, contando esta, os uruguaios se classificaram em cinco e o máximo que conseguiram foi chegar às oitavas em 1986, 1990 e agora.

LEIA TAMBÉM:
Estados Unidos batem Argélia no fim e se classificam para as oitavas
Austrália vence a Sérvia e ambas as seleções são eliminadas

Gana repete o enredo visto há quatro anos no Mundial de 2006 e avança pela segunda vez em sua história às oitavas-de-final de uma Copa, sendo a única seleção africana a permanecer “viva” no torneio. Costa do Marfim, que está no grupo de Brasil e Portugal, joga na sexta-feira para derrotar a Coreia do Norte, torcendo pelo tropeço de Brasil ou de Portugal para se classificar – tendo de tirar o saldo de gols desfavorável de seis gols no mínimo. África do Sul, Camarões, Argélia e Nigéria já se despediram.

Jogadores dos Estados Unidos no gol que valeu vaga (Reuters)

Jogadores dos Estados Unidos no gol que valeu vaga (Reuters)

Se chegaram às semifinais, os norte-americanos vão repetir sua melhor campanha em Copas do Mundo. Em 1930, chegaram entre os quatro melhores do torneio jogado no Uruguai, perdendo para a Argentina a vaga na final. Mas a classificação para às oitavas-de-final não lembrou em nada a campanha surpreendente do vice-campeonato da Copa das Confederações em 2009. Empataram os dois primeiros jogos contra Inglaterra e Eslovênia e só conseguiuram a vaga aos 45 minutos do segundo tempo contra a fraca Argélia, vencendo por 1 a 0 nesta quarta-feria

A Coreia do Sul vive expectativa semelhante depois de confirmar a vaga no grupo de Argentina, Nigéria e Grécia, onde era considerada a mais fraca. Poderá repetir o feito de 2002, quando chegou às semifinais contra a Alemanha. Para isso, terá de passar pelo Uruguai, neste sábado, e, na sequência, pelo vencedor de Estados Unidos x Gana. Os sul-coreanos começaram a Copa batendo a Grécia por 2 a 0. Depois foram goleados pela Argentina  e terminaram a primeira fase com empate contra Nigéria em 2 a 2.

Estados Unidos batem Argélia e se classificam para as oitavas-de-final

Donovan comemora gol da classificação - Foto: Reuters

Donovan comemora gol da classificação - Foto: Reuters

Os Estados Unidos marcaram no fim e venceram a Argélia por 1 x 0, no estádio Loftus Versfeld, em Pretória, e avançaram às oitavas-de-final. Inglaterra, com os mesmos 5 pontos dos EUA, também se classificou.

A vaga dos Estados Unidos veio de forma suada aos 45 minutos do segundo tempo. Assim como diante da Eslovência, a seleção norte-americana foi prejudicada com a anulação de um gol no primeiro tempo.

Veja fotos do confronto entre Estados Unidos e Argélia

Os Estados Unidos terminaram a participação na África do Sul na liderança do Grupo C, com dois empates e uma vitória. Os norte-americanos iniciaram a campanha com igualdade em 1 a 1 com a Inglaterra. No segundo jogo, empate em 2 a 2 com a Eslovênia. E no encerramento da fase de grupos, vitória nesta quarta-feira.

Leia mais notícias de Esportes no Abril.com
Veja a página da Copa do Mundo de 2010

DIVIRTA-SE: O JOGO DA COPA DO MUNDO DO ABRIL.COM

Já a Argélia somou apenas um ponto – empate com a Inglaterra – e derrotas para a Eslovênia e Inglaterra.

O jogo

A seleção dos Estados Unidos teve as principais chances para tirar o zero do placar em Pretória. Porém, o time só conseguiu o gol da vitória e da classificação nos minutos finais do partida.

Apesar da superioridade norte-americana, a primeira chance do jogo foi dos argelinos. Aos 5 minutos, Djebbour aproveitou furada da zaga e soltou uma bomba no travessão.

Os Estados Unidos chegaram ao gol aos 20 minutos do primeiro tempo. Gomez chutou cruzado e Dempsey empurrou para abrir o marcador. O árbitro Frank De Bleeckere marcou impedimento e anulou o gol.

Aos 34 minutos, Dempsey recebeu de Donovan, entrou na área e tocou na saída do goleiro M’Bolhi. A zaga argelina conseguiu tirar o perigo. Dois minutos depois, nova chance para os EUA, Donovan tabelou com Bradleye tocou por cima do goleiro. No rebote, Altidore e Donovan perderam ótima chance de gol.

A Argélia também poderia ter marcado na etapa incial com Matmour. O jogador chutou forte da intermediária, mas Howard espalmou. Aos 42 minutos, Ziani arriscou chute de longe, mas a bola sai por cima do gol. No minuto seguinte, Ziani arrancou pela esquerda e chutou de longe. A bola passa com perigo por cima do gol.

No segundo tempo, a pressão norte-americana continuou. No primeiro minuto, os Estados Unidos tiveram uma boa oportunidade em cobrança de falta, mas pararam na defesa do goleiro M’Bolhi.

Aos 12 minutos, Dempsey carimbou a trave após bom lance de Altidore. No rebote, sem goleiro, norte-americano chutou para fora.

Após grande pressão, o gol só saiu aos 45 minutos do segundo tempo.  Donovan aproveitou rebote do goleiro argelino e garantiu a classificação.

FICHA TÉCNICA
ESTADOS UNIDOS 1 X 0 ARGÉLIA

Local: Estádio Loftus Versfeld, em Pretória (África do Sul)
Data: 23 de junho de 2010 (Quarta-feira)
Horário: 11 horas (de Brasília)
Árbitro: Frank De Bleeckere (Bélgica)
Auxiliares: Peter Hermans e Walter Vromans (ambos da Bélgica)
Cartão vermelho: Yahia (Argélia)
Cartão amarelo: Lacen, Yahia e Yebda (Argélia); Altidore e Beasley (Estados Unidos)
Gol: Donovan (Estados Unidos)

ESTADOS UNIDOS
Howard; Cherundolo, DeMerit, Bornstein (Beasley) e Bocanegra; Edu (Buddle), Bradley, Dempsey e Donovan; Altidore e Herculez Gomez (Feilhaber).
Técnico: Bob Bradley

ARGÉLIA
MBolhi; Bougherra, Yahia e Halliche; Kadir, Lacen, Yebda, Ziani (Guedioura)e Belhadj; Matmour (Saifi) e Djebbour (Ghezzal).
Técnico: Rabah Saadane

Estados Unidos joga vaga contra lanterna Argélia

Norte-americanos precisam de vitória simples (Reuters)

Norte-americanos precisam de vitória simples (Reuters)

Estados Unidos e Argélia se enfrentam nesta quarta-feira, às 11 horas (de Brasília), no Estádio Loftus Versfeld, em Pretória, pela última rodada do Grupo C da Copa do Mundo. Os norte-americanos dividem a segunda posição com a Inglaterra, ambos com dois pontos, mas os Yankees levam vantagem nos critérios de desempate. Os argelinos seguram a lanterna com um ponto.

Para se classificar os Estados Unidos precisam de uma simples vitória. Em caso de empate terão que torcer por vitória dos eslovenos, que lideram com quatro pontos, contra os ingleses ou até nova igualdade. Empatados com dois pontos, atualmente os norte-americanos têm três gols marcados, contra um da Inglaterra.

Leia mais notícias de Esportes no Abril.com
Veja a página da Copa do Mundo de 2010

DIVIRTA-SE: O JOGO DA COPA DO MUNDO DO ABRIL.COM

Já os argelinos estão em situação mais complicada, pois, além de vencerem, precisam torcer para ter um vencedor no outro confronto. Além disso, se o ganhador for a Inglaterra, eles terão que disputar a vaga no saldo de gols com os eslovenos.

Bob Bradley, técnico dos Estados Unidos, se mostra confiante em relação às chances de classificação de sua equipe. “Nós empatamos dois jogos em que poderíamos ter vencido. Mostramos muita personalidade contra a Inglaterra e poder de reação contra a Eslovênia. Tenho certeza de que vamos nos classificar”, disse.

Para este jogo o treinador norte-americano vai promover uma alteração em sua equipe. O atacante Robbie Findley, suspenso por acúmulo de cartões amarelos, dá sua vaga a Herculez Gomez. Pelo lado da Argélia, o técnico Rabah Saadane não quis antecipar a escalação, mas manterá a base do empate sem gols com a Inglaterra. Ele promete uma postura ofensiva.

“Não duvidem que vamos partir para buscar o gol, pois já fizemos isso contra Eslovênia e Inglaterra. Poderíamos, inclusive, estar neste momento com uma melhor pontuação”, comentou Saadane.

FICHA TÉCNICA

ESTADOS UNIDOS X ARGÉLIA
Local: Estádio Loftus Versfeld, em Pretória (África do Sul)
Data: 23 de junho de 2010 (Quarta-feira)
Horário: 11 horas (de Brasília)
Árbitro: Frank De Bleeckere (Bélgica)
Auxiliares: Peter Hermans e Walter Vromans (ambos da Bélgica)

ESTADOS UNIDOS
Howard; Cherundolo, DeMerit, Onyewu e Bocanegra; Dempsey, Bradley, Francisco Torres e Donovan; Altidore e Herculez Gomez
Técnico: Bob Bradley

ARGÉLIA
MBolhi; Bougherra, Yahia, Halliche e Belhadj; Kadir, Lacen, Yebda (Mesbah), Boudebouz (Abdoun) e Ziani (Guedioura); Matmour
Técnico: Rabah Saadane

Jogadores dos EUA se irritam com gol anulado contra Eslovênia

Lance do gol anulado dos Estados Unidos - foto: Reuters

Lance do gol anulado dos Estados Unidos - foto: Reuters

Os jogadores dos Estados Unidos e seu técnico ficaram furiosos depois que um gol nos minutos finais contra a Eslovênia foi anulado, negando à seleção norte-americana uma vitória de virada após um empate emocionante de 2 x 2 nesta sexta-feira.

Os EUA lutaram para se recuperar de dois gols sofridos no primeiro tempo e empataram a oito minutos do encerramento, até Maurice Edu conferir aos 40 minutos da segunda etapa e ver seu gol anulado.

 Leia mais notícias de Esportes no Abril.com
Veja a página sobre a Copa do Mundo de 2010

DIVIRTA-SE COM O JOGO DA COPA DO ABRIL.COM

“Honestamente, acho que o principal é que os jogadores da Eslovênia estavam segurando os nossos”, disse o técnico Bob Bradley.

“Um jogador abraçou Michael (Bradley), Michael tentou se livrar e sofreu falta. Não sei se isso está correto, mas é uma versão”, disse ele.

“Há momentos em que você fica frustrado porque sente que a situação não foi tratada 100 por cento corretamente. Mas o jogo é assim, você tem que seguir adiante”.

Landon Donovan, autor de um gol, disse ter pedido repetidamente ao árbitro Koman Coulibaly, do Mali, uma explicação, mas não recebeu nenhuma.

“Para ser sincero, não sei quanto inglês ele fala. Perguntamos várias vezes a ele, e não em tom de discussão, mas ele nos ignorou”. (Fonte: Gazeta Press)