Página Inicial > Copa do Mundo 2010 - Abril.com > Dunga usa Totti para justificar a escolha de reservas

Dunga usa Totti para justificar a escolha de reservas


(Totti é idolatrado pela torcida da Roma – Fotos: Getty Images)

Como já era esperado, a tarde do treinador da seleção brasileira foi de justificativas. Durante entrevista coletiva, nesta terça-feira, Dunga defendeu a convocação de jogadores que são reservas em suas equipes. O técnico citou nominalmente os casos de Júlio Baptista e Doni, da Roma.

O treinador comentou o episódio em que Doni brigou com a equipe italiana para defender o Brasil nos amistosos contra a Inglaterra e Omã, em novembro de 2009. O goleiro era titular do gol. “Quando ele voltou para o seu clube, não era mais titular”.

Dunga ressaltou que o goleiro, que perdeu a vaga para o também brasileiro Júlio Sérgio, tem atitude e prazer de jogar pela seleção. O técnico afirmou que Doni não poderia ser punido por virar reserva na equipe. Ele disse que poderia até perder o grupo caso tomasse essa atitude.
Quando falou do meia, o técnico comentou que nem Francesco Totti, capitão e ídolo da Roma, foi convocado pelo técnico da Itália. “Ele só não é maior do que Nero porque ainda não faz parte da história”, exagerou o treinador da seleção brasileira.

Porém, após o título da Copa do Mundo da Alemanha, o italiano afirmou que não defenderia mais a seleção do país e é um jogador que vive seguidos problemas de contusão. Atualmente, joga pela Roma, mas está fora de forma e só é escalado por ser um ídolo do clube da capital.

  1. Nenhum comentário ainda.
  1. Nenhum trackback ainda.
Você deve estar autenticado para enviar um coment´rio.